Mundo

Família diz: “Ter um filho com síndrome de Down o amor é maior do que o susto”

“Tudo passa e a felicidade está nas pequenas conquistas” diz a mãe de Gabriel.

A história da formação de uma família muitas vezes vem com algumas pedras no caminho e situações difíceis que não estávamos esperando. Esse foi o caso da família da Erika Viola Ferreira. Ela teve um aborto espontâneo, algumas perdas de familiares e foi em meio a essas dificuldades que ela deu a luz a Gabriel, hoje ele tem 1 ano e 2 meses, e nasceu com síndrome de Down.

PUBLICIDADE

Erika conta que assim que decidiu ter um bebê ela ainda demorou quase um ano e meio para engravidar e foi algo muito estressante, com muitas consultas e exames de suspeita de infertilidade. Quando a boa notícia chegou ela começou a arrumar tudo, nome, roupinhas, brinquedos e tudo mais. Mas infelizmente com 13 semanas, o bebê já não tinha mais batimentos cardíacos e Erika recebeu a pior notícia de sua vida.

Mas com o tempo a tristeza foi passando, trocaram de médico e após 6 meses, ela estava grávida de novo! Que alegria!

PUBLICIDADE