Mundo Notícias

Voo do terror: Vídeo flagra o desespero dos passageiros enquanto avião se despedaça ao atravessar tempestade

As imagens são assustadroras.

Na noite desta quarta-feira (26), passageiros de um voo que partiu do Chile e Paraguai, viveram um verdadeiro pesadelo.

PUBLICIDADE

Vídeos realizados pelos passageiros mostram o desespero de todos que estavam embarcados na aeronave, o barulho da tempestade atingindo a fuselagem do avião é apavorante.

Nas imagens é possível ver um número incontável de raios, a turbulência enfrentada pela aeronave foi tão forte que os passageiros eram sacudidos violentamente.

Em meio a forte tempestade aeronave precisou fazer um pouso de emergência, no aeroporto da cidade de Foz do Iguaçu, localizada no estado do Paraná. Como não havia avarias na aeronave, o avião levantou voo novamente para prosseguir a viagem.

PUBLICIDADE

O voo da empresa Latam partiu da cidade de Santiago, capital do Chile, com destino a cidade de Luque, que fica na região metropolitana da cidade de Assunção, capital Paraguai.

O voo foi retomado, contudo, o que parecia ruim ficou muito pior, a segunda parte da viagem foi ainda mais aterrorizante, com muita turbulência. O avião perdeu um dos motores, o ’nariz’ da aeronave ficou completamente destruído, o para-brisa da aeronave também ficou avariado.

Nas imagens é possível ouvir os passageiros gritando, desesperados, clamando por Deus, muitos acreditavam que não chegariam vivos ao seu destino final.

Confira a seguir os vídeos.

PUBLICIDADE

Em nota, a Latam Airlaines do Paraguai, lamentou o ocorrido e afirmou que por causa das condições climáticas as fuselagens da aeronave ficaram danificadas, contudo, nenhum dos passageiros e tripulantes ficaram feridos.

Assim que chegaram ao solo receberam atendimento médico e foram liberados em seguida.

PUBLICIDADE

Sobre o Autor

Fabiana Batista Stos

Jornalista digital, com mais de 10 anos de experiência em criação de conteúdo informativo e imparcial. Somente a imprensa livre tem o poder de defender os interesses e a liberdade do cidadão.