Notícias

Um dia depois de ataque em delegacia, sargento invade batalhão e tira a vida de 2 colegas em SP

O caso aconteceu apenas um dia depois de ter sido registrado quatro falecimentos dentro de uma delegacia no Ceará.

ANÚNCIOS

Na manhã desta segunda-feira, dia 15 de maio, foi registrado por diversos canais de comunicação que um policial militar teria invadido uma sala na 3ª Companhia da Polícia Militar de Salto e teria atirado em dois policiais.

O caso aconteceu na região de Salto, no interior de São Paulo, por volta do período da manhã. Segundo testemunhas, o sargento, identificado apenas pelo nome de Gouveia, teria invadido e trancado uma sala. E logo em seguida, atirado nos policiais.

As vítimas que tiveram suas vidas tiradas foram identificadas como o sargento Roberto da Silva e o capitão Josias Justi. Esse último atuava como comandante no município.

O suspeito se entregou, e logo em seguida, foi detido. Ainda não se sabe qual teria sido a motivação para todo o crime.

ANÚNCIOS

Caso aconteceu um dia depois de mortes em delegacia de Camocim 

Neste último domingo, dia 14 de maio, um policial civil invadiu uma delegacia e tirou a vida de quatro colegas de trabalho. Ele foi identificado pelo nome Antônio Alves Dourado e atuava como inspetor no local.

Após ter cometido o crime, o homem chegou a se entregar para as autoridades. Ele ainda gravou um vídeo e explicou que a motivação teria sido por supostas desavenças no local. Na gravação, ele ainda alegou que estava arrependido e que teria destruído a sua família e a das vítimas.

Segundo informações fornecidas pelas autoridades, naquele dia, o policial estava de folga.

ANÚNCIOS

Sobre o Autor

Juliana Gomes

Colunista de notícias dedicada a escrever sobre os mais diversos assuntos. Sempre fui apaixonada pela arte da escrita e pela literatura.