Saúde

Rabdomiólise: doença que deixa ‘xixi preto’ causa vítima fatal e levanta alerta pela conscientização

Conhecer melhor a doença é importante para evitar riscos.

ANÚNCIOS

Nesta quarta-feira (24/01), a morte do corredor Dorgival Celerino do Nascimento, de 50 anos, gerou grande comoção na região de Caruaru, em Pernambuco. Dorgival participava de uma prova, quando começou a passar mal.

O atleta foi socorrido e levado ao hospital, onde deu entrada na UTI. Dentre os sintomas apresentados, Dorgival teve urina preta, o que levou os médicos a suspeitarem de Rabdomiólise.

A informação foi confirmada pelo Hospital Regional do Agreste (HRA), que apontou a causa da morte. O quadro se caracteriza por uma lesão muscular severa, que pode ser causada por intensa atividade física.

Um dos perigos desse quadro, que é responsável pela coloração da urina, é a destruição das fibras dos músculos. A ruptura muscular pode causar a intoxicação sanguínea, o que pode prejudicar os rins.

O reconhecimento e tratamento imediatos da rabdomiólise são vitais, já que a doença grave pode estar associada a risco de morte por lesão renal aguda e desequilíbrios eletrolíticos”, explica a nefrologista Caroline Reigada.

ANÚNCIOS

O diagnóstico, conforme explica a médica, é feito por meio de exames laboratoriais. Uma das maiores preocupações é o funcionamento dos rins, já que a sobrecarga do órgão pode ser fatal.

É importante entender que a prática de exercícios físicos não é a vilã da história, muito pelo contrário. O importante é não exceder as capacidades do corpo, forçando em excesso. Para fazer exercícios, procure seu médico de confiança.

O ideal é sempre fazer um check up de saúde antes de começar qualquer atividade e sempre tomar cuidado para progredir de intensidade conforme seu corpo permite, sem exageros.

ANÚNCIOS

Sobre o Autor

Roberta R

Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.