Notícias

Como este garotinho sobreviveu sozinho por cerca 10 dias ao lado do cadáver da mãe preso em um apartamento

O caso vem chamando a atenção das autoridades e segue sob investigação

ANÚNCIOS

Nas últimas horas um caso vem chamando a atenção nas redes sociais após se tornar manchete nos principais portais de notícias de todo o mundo.

Um garotinho de apenas 2 anos de idade pode ser considerado um sobrevivente, haja visto que a polícia acredita que ele tenha ficado cerca de 10 dias sozinho no apartamento onde vivia ao lado do cadáver da sua mãe.

Vizinhos notaram que havia algo estranho. Segundo relatos dos moradores locais, uma criança de cerca de dois anos teria ficado sozinha por um período de aproximadamente dez dias, ao lado do corpo da mãe, antes da chegada da polícia.

Foram os vizinhos que notaram que havia algo de errado no apartamento onde a criança foi encontrada e acionaram as autoridades locais.

ANÚNCIOS

Os agentes descobriram essa trágica situação ao realizarem uma verificação no apartamento, na última quarta-feira, dia 31, na cidade de Werribee, região próxima a Melbourne, no estado de Victoria, Austrália.

O serviço de emergência foi acionado, os profissionais médicos que compareceram à residência examinaram a criança e constataram que ela estava desidratada, embora aparentemente em boa saúde.

Durante o período em que ficou sem assistência, o menino conseguiu encontrar alimentos em casa. Como medida de precaução, ele foi encaminhado ao hospital para uma avaliação antes de ser acolhido por familiares.

As autoridades estão atualmente investigando as circunstâncias que levaram à morte da mulher, mas até o momento a polícia não considera haver indícios de qualquer circunstância suspeita que possa indicar um crime. O nome do pequeno sobrevivente não foi revelado pelas autoridades que cuidam do caso.

ANÚNCIOS

Sobre o Autor

Fabiana Batista Stos

Jornalista digital, com mais de 10 anos de experiência em criação de conteúdo dos mais diversos assuntos. Amo escrever e me dedico ao meu trabalho com muito carinho e determinação.