Notícias

Caso Ísis: casado, suspeito de 35 anos, afirma que se encontrou com jovem de 17 anos para falar sobre gravidez; ela está desaparecida

O suspeito afirmou que teria se encontrado com a jovem de 17 anos para falar sobre a gravidez. Mais detalhes.

ANÚNCIOS

Um homem de 35 anos é considerado o principal suspeito do envolvimento no desaparecimento da jovem Ísis Victória, de 17 anos de idade, que sumiu na região do Paraná.

Ele contou que se encontrou com a jovem para falar sobre a gravidez no mesmo dia em que ela teria sumido. Os dois mantinham um relacionamento escondido, visto que o homem é casado. Além disso, a menor de idade não tinha contado da gravidez para os pais.

Entrevistado por canais de comunicação, o homem teria dito que a jovem entrou no carro dele e falou sobre a gestação, mostrando fotos do teste. Ele disse que incentivou a menina a prosseguir com a gravidez, mas alegou que ela não tinha o desejo de ser mãe.

Ainda segundo o seu depoimento, o homem disse que o trajeto de carro durante a conversa teve uma mudança e a jovem deixou de descer em uma praça, ao dizer que uma amiga a esperava. Ela teria sido deixada em um bairro considerado perigoso, perto dali.

ANÚNCIOS

O homem também é pai de três filhos. O seu advogado alega que ele está à disposição para maiores esclarecimentos. Contudo, um mandado de prisão temporária teria sido expedido contra ele.

As autoridades estão realizando buscas em uma região de mata, local em que foi emitido o último sinal pelo celular de Ísis. Ela chegou a mandar a localização para a família, mas a mensagem foi rapidamente apagada.

“Essa mensagem para mim é fundamental. Para mim ali é um pedido de socorro, quando ela manda essa localização para a mãe, ali ela já estaria em situação de perigo”, conta o delegado.

ANÚNCIOS

Sobre o Autor

Juliana Gomes

Colunista de notícias dedicada a escrever sobre os mais diversos assuntos. Sempre fui apaixonada pela arte da escrita e pela literatura.