Notícias

Bebê de apenas 4 meses perde a vida em ataque brutal de cão da raça pit bull

Caso aconteceu na Zona Leste de São paulo

ANÚNCIOS

O risco associado à posse de um cão da raça Pit Bull tem sido objeto de debate e controvérsia há muitos anos. Embora seja importante reconhecer que nem todos os cães dessa raça apresentam comportamento agressivo, estatísticas e relatos de incidentes mostram que os Pit Bulls têm uma maior propensão a morder e causar ferimentos graves.

É importante ressaltar que o risco associado a um cão da raça Pit Bull não é absoluto e pode ser mitigado com uma criação adequada.

No entanto, devido ao potencial de danos físicos que esses cães podem causar em caso de comportamento agressivo, é essencial que os proprietários sejam responsáveis e estejam comprometidos em fornecer o ambiente e treinamento adequados para seus animais de estimação.

Mas infelizmente, casos de ataques mortais sempre surgem em nosso país. Nesta última quarta, dia 7 de junho, um bebê de apenas 4 meses de idade perdeu sua vida em um ataque.

ANÚNCIOS

O pit bull da família foi o responsável pelo ataque ao bebê. O caso aconteceu no bairro Guaianases que fica na Zona Leste de São Paulo.

A criança estava sendo cuidada para bisavó quando tudo aconteceu. Segundo o boletim de ocorrência, a policia foi acionada pelos vizinhos e assim que entraram na residência encontraram a idosa com a criança nos braços.

A idosa contou que era dona do animal e que apenas atacou bichos de rua como gatos. Segundo ela, nunca houve ataque a pessoas.

O caso será investigado como homicídio culposo, aquele em que não há intenção de matar.

ANÚNCIOS

Sobre o Autor

Paulo Machado

Colunista de portal de notícias dedicado a TV e Famosos, Curiosidades, Saúde Natural e Bem-estar, Finanças e Política Brasileira