Mundo

Após perder primeiro filho, algo inesperado acontece na ultrassom do seu segundo filho

Ela perdeu seu primeiro filho e ao fazer a ultrassom na segunda gravidez, algo inesperado aconteceu.

Apenas algumas semanas depois de sofrer um aborto, Jane Evans descobriu que estava grávida de novo de uma menina. E quando a mãe vê o rosto de seu filho abortado, o ultrassom 4D de sua filha, ela acredita que é um sinal de cima!

Na realidade, após perder seu primeiro bebê, Jane acreditava poucas semanas depois, que estaria grávida novamente, e estava, porém, ao fazer a ultrassom do seu novo bebê – que no caso se tratava de uma menina -, ela teria visto o rosto do seu outro bebê que havia perdido há uns meses atrás. As informações são do portal GodUpdates.

ANÚNCIOS

A primeira gravidez de Jane, ela teve de abortar com 10 semanas, no entanto, passado algumas semanas, ela passou a sentir que estaria grávida novamente e então veio a surpresa de uma nova criança em seu ventre.

Ela dizia sentir-se grávida novamente, porém, após fazer um teste foi constatado que ela não estaria grávida. No entanto, seu extinto maternal não permitiu que ela desistisse, então ela fez outro teste, onde constatou positivo para a gestação.

ANÚNCIOS

A notícia de seu bebê arco-íris – um bebê nascido após a perda trágica de um bebê anterior, seja por aborto espontâneo, natimorto ou morte infantil – encantou Jane.\n\nMuitas das vezes, os pais após perderem o bebê em algum aborto espontâneo, passam a relutar em tentar ter outro filho. Porém, o caso de Jane foi diferente, ela engravidou novamente e após ver a ultrassom de sua filha Lydia, ela acreditou ter sido um sinal de DEUS ao ver um segundo rosto, que segundo ela é de seu primeiro filho, que não nasceu.

Depois de sofrer um aborto espontâneo, Jane queria ter certeza de que essa gravidez não terminaria do mesmo jeito. Então, ela se sentiu aliviada quando um ultrassom 4D mostrou que sua filhinha Lydia (agora com 11 anos) estava bem.

A ultrassom 4D teria mostrado outro rostinho além do de Lydia, e algumas pessoas ainda chegaram a questionar, se ela não estaria grávida de gêmeos. Porém, Jane disse que não estaria grávida de gêmeos, mas apenas de um bebê (Lydia) – os médicos confirmaram.

Após o ocorrido, Jane acredita que se tratava do rostinho do seu filho que partiu, e que ele estaria lá cuidando para que a irmã viesse com saúde.

ANÚNCIOS

Jane, hoje tem mais um filho, Jenson, com 7 anos, e espera outro com apenas 2 meses, que se chama Marty.

Agora, Jane diz que seu terceiro filho, Marty, está chegando aos 2. E a mãe está curiosa para ver se ele também mencionará seu “irmão mais velho” no céu.

“Antes mesmo de terem conhecimento do aborto ou de qualquer maldade no mundo, eles conversavam com o irmão mais velho”, disse Jane. “Eles eram apenas crianças, então eu não tinha mencionado nada sobre o bebê que perdi.”

Hoje, Jane compartilha sua história de superação a fim de ajudar outras mães a superarem seus desafios.

ANÚNCIOS

Sobre o Autor