Notícias

Homem é agredido em condomínio onde mora após discussão por causa de cachorro: ‘ódio gratuito’

Caso foi denunciado na delegacia e vídeo circula na web.

ANÚNCIOS

Na madrugada de sexta-feira (07/06), um homem de 34 anos foi agredido dentro do condomínio onde mora, em Pinheiro (SP). Segundo a vítima, a agressão foi totalmente gratuita e a motivação teria sido uma discussão sobre seu cãozinho de estimação.

Felipe Britto conta que tem um cachorro viralata, de cerca de 17kg, e que o agressor já implicava com o cachorro há algum tempo. O gerente de inovação e de novos negócios conta que o vizinho exigia que ele usasse uma focinheira no animal.

Ele me abordou em uma ocasião, quando estávamos somente eu e o Farofa, afirmando que eu precisaria usar a focinheira nele. Eu falei que não, porque meu cachorro é um caramelo de 17 quilos“, contou ao Metrópoles.

Felipe conta ainda que sente que o cachorro não é o único incômodo do agressor em relação à ele. Homem negro e gay, Felipe aponta que o agressor age de forma ainda mais ríspida quando ele esta acompanhado do marido.

ANÚNCIOS

“O que eu fiz pra merecer essa agressão e ódio gratuitos? Ser preto? Ser gay? Ter pet?”, questionou. No dia da agressão, Felipe estava no mesmo elevador que o agressor. O homem então teria questionado mais uma vez sobre a focinheira.

https://twitter.com/Metropoles/status/1799885829843701911

Felipe então reforçou que não usaria focinheira em seu cãozinho de estimação. O homem então age como se fosse deixar o elevador, mas primeiro empurra a vítima e depois desfere um soco em seu rosto.

Apesar de lamentar a agressão e admitir que ficou abalado também emocionalmente, Felipe contratou um advogado e registrou o caso na delegacia. Ainda segundo ele, o condomínio teria se recusado a dar informações sobre o agressor.

ANÚNCIOS

Sobre o Autor

Roberta R

Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.