Diversidades

Famosas chocam ao relatar que ingeriram suas placentas depois do parto

A placentografia está cada vez mais comum entre famosas, que defendem a prática e garantem que isso traz benefícios à saúde.

A placentofalgia é uma prática curiosa disseminada por celebridades. O ato considerado nojento por muitas pessoas, visa a ingestão da placenta a fim de evitar a depressão pós-parto. Na maioria das vezes, o órgão é consumido em pílulas ou capsulas, já foi associado ao aumento de níveis de certos hormônios. No entanto, um estudo recente verificou que ele não é capaz de impedir a depressão, de acordo com estudo feito por pesquisadores da Universidade de Nevada, em Las Vegas, 12 mulheres que tomavam cápsulas de placenta foram avaliadas em acordo com outras 15,Uma delas afirma que a placenta é extremamente nutritiva e ajuda a mãe a recuperar as forças pós-parto, além de contribuir para a amamentação. Outras fontes afirmam que comer a placenta é algo instintivo dos mamíferos; esse é o melhor jeito de esconder os rastros da cria e evitar predadores na natureza. Outra corrente defende que a placentofalgia evita a depressão pós-parto.

PUBLICIDADE

Bela Gil

A  filha do cantor Gilberto Gil, apresentadora e chef, Bela Gil, causou pavor nas redes sociais ao revelar em uma entrevista que ingeriu a placenta do seu bebê logo após o parto. Bela contou que comeu a placenta do pequeno Nino, que nasceu de parto natural. Bela acredita que a placenta contem substâncias e vitaminas que não podem ser desperdiçadas e que é uma fonte rica de nutrientes.“É um absurdo o parto domiciliar com auxílio médico ser proibido no Rio. No meu, eu até ingeri a placenta (…) É uma fonte incrível de nutrientes. Nem senti o gosto, porque misturei com vitamina de banana. A Flor, minha primogênita, também bebeu enquanto comemorava a chegada do irmão”, contou Bela.

PUBLICIDADE

Mayra Cardi

Mayra publicou e explicou em seu perfil do Instagram, o que a levou a ingerir sua placenta, a life coach dos famosos, disse: “Todos os animais, sem exceção, comem sua placenta. Só nós seres humanos que não. Porque ali, na placenta, tem mutos nutrientes que as grávidas perdem durante o parto e precisam repor. Existem vários artigos, teses e comprovações científicas”.

PUBLICIDADE