Uma coisa tão simples poderia ter evitado que esses pais perdessem sua filha; Agora eles fazem uma alerta

Fica um alerta para todos os pais, pequenas coisas podem ser fatais na vida de um Bebê!!

Queremos falar um pouco sobre o vírus da Herpes antes de contar a História do bebê.

Herpes tipo 1 é transmitido principalmente por contato oral, Já o tipo 2 é uma infecção sexualmente transmissível que ocasiona feridas e bolhas na região genital. De acordo com o Ministério da Saúde, Estima-se que 3,9 bilhões de pessoas com idade inferior a 50 anos tenham herpes tipo 1.Já no caso da herpes tipo 2, estima-se que 487 milhões de pessoas tenham o vírus  circulando na corrente sanguínea. Herpes é uma patologia sem cura, existe apenas tratamento, que deve ser seguido fielmente para evitar danos maiores a saúde.

Pronto! Agora vamos acompanha o caso desses pais que perderam sua filhinha de 3 semanas de vida apenas. O pai Jeff Gober após perder sua filha, se preocupou e resolveu alertar os outros pais, usando as redes sociais, após sofrer a pior perda de sua vida.A filha de Jeff, a pequena Mallory, faleceu após contrair o vírus da herpes simplex, conhecida como herpes labial.de acordo com o testemunho de Jeff, a pequena contraiu o vírus, logo após o contato com alguém que não lavou as mãos.

A publicação de Jeff , sobre essa fatalidade, viralizou nas redes sociais e já teve mais de 96 mil compartilhamentos. Confira o relato de Jeff a seguir: “Tem sido bem silencioso desde a morte de Mallory. Eu demorei um mês para conseguir escrever sobre isso, mas se algum bem puder vir de tudo isso e evitar que ocorra com outros, então eu quero fazer um esforço e falar sobre o que aconteceu.Se você tem um bebê novo ou terá que cuidar de um bebê novo, lave suas mãos, MUITO!

Só deixe que segurem seu bebê após você ter certeza de que a pessoa lavou as mãos!  Para recém-nascidos o herpes é fatal, como ocorreu com Mallory. Você pode achar que é fácil de diagnosticar. Provavelmente alguém com o vírus da herpes ativo beijou a minha filha né?Mas a Mallory nunca teve o contato com uma pessoa que tivesse este vírus ativo. Nunca. E não deixávamos as pessoas beijá-la.

Mesmo assim, ela pegou o vírus  com uma semana de vida e nós tivemos que ver ela morrer lentamente durante duas semanas. Mallory não tirava as mãozinhas da boca e estava constantemente chupando os dedos, então o mais provável.é que o vírus chegou até suas mãos após alguém ter entrado em contato com ela sem lavar as mãos, mesmo sem estar com o herpes ativo.

Na primeira semana ela não teve sintomas a não ser uma febre alta e quando as feridinhas apareceram já estava tarde demais para os remédios fazerem efeito.Considerando que mais da metade da população mundial tem este vírus, nós não entendemos como tão poucos bebês a contraem ou por que nossa linda Mallory teve tanto azar.