Curiosidades

Sogra mudou o nome do bebê e mãe da criança só descobriu 2 meses após o registro; ‘nome que eu DETESTO’

Sogra convenceu o marido a trocar o nome do bebê, o ‘segredo’ ficou guardado por 2 meses após a criança nascer.

Toda mulher que possui o sonho de se tornar mãe, pensa muito antes disso acontecer, quais seus nomes preferidos.

PUBLICIDADE

Quando finalmente o sonho deixa de ser um desejo para tornar-se real, uma das primeiras decisões dos pais, é escolher o nome do bebê, de acordo com os nomes preferidos do casal.

Mas, você consegue imaginar uma situação em que sua sogra simplesmente decida interferir na sua escolha, e venha alterar o nome do seu filho?

Eu sou sincera em dizer que eu não me imagino vivendo isso, mas uma mulher, que não teve sua identidade revelada, sofreu na pele essa audácia.

PUBLICIDADE

Sua sogra conseguiu convencer o marido desta mãe de fazer a mudança, mas, não parou por aí, a mãe só soube da troca de nome, 2 meses após o nascimento de seu filho.

Segundo declarações da mãe do bebê, a sogra influenciou e convenceu seu marido a fazer a alteração no nome, já no cartório. Enquanto eles faziam o registro do bebê, a mulher se recuperava de uma cesária de emergência.

Ela culpa também seu marido pelo ocorrido, pois ele deixou se levar pelos argumentos da mãe, cedendo para ela seu desejo.

A afronta foi tão grande, que a mãe do bebê desabafou e revelou que ela incentivou o pai do bebê a trocar o nome da criança, por outro que ela detesta.

PUBLICIDADE

“Minha sogra inicialmente tentou convencer meu marido a mudar o primeiro nome do nosso filho e a colocar um nome que eu DETESTO. Ela alegou que no começo eu ficaria chateada, mas depois iria superar. Meu marido achou que trocar o primeiro nome seria demais, mas acabou aceitando trocar o segundo nome do nosso filho. Ele mudou o nome de Finley para Finlay porque minha sogra disse que achava mais masculino desta maneira”, contou a mãe da criança.

Mesmo após trocar o nome do bebê na certidão de nascimento, o esposo não falou nada para a mãe da criança. Em uma ocasião a sogra enviou um presente, no pacote ela fez questão de escrever Finlay, ainda assim, o marido guardou o segredo.

“Ela mandou um presente e estava escrito Finlay, eu comentei com meu marido sobre isso e ele não teve a decência de me dizer a verdade! Ele me fez acreditar por DOIS MESES que o nome do nosso filho era Finley”, disse a mãe.

A mulher só descobriu toda a verdade, porque precisou pegar a certidão de nascimento do bebê para fazer outros documentos necessários para a criança.

PUBLICIDADE

“Eu fiquei furiosa com meu marido e com a minha sogra. Quando confrontei meu marido, ele disse que se arrependeu logo após ter visto a certidão. Meu marido tem grande culpa na mudança do nome, afinal foi ele quem registrou nosso filho com o nome que eu não queria. Nós já estamos conversando sobre isso e tentando resolver. Mas eu sinto que também preciso conversar com a minha sogra e não sei como abordá-la”, concluiu a mãe.

Sobre o Autor