Notícias

Quem são as jovens que perderam a vida em tragédia BR-494 em MG

Elas seguiam para uma festa de aniversário.

Na noite desta última sexta-feira (28), uma tragédia na rodovia BR-494, na altura da cidade de Nova Serrana, localizada no interior de Minas Gerais, deixou mortos e feridos.

PUBLICIDADE

O carro onde estavam as quatro jovens bateu de frente com um caminhão de carvão. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), o caminhão de carvão tombou e ocupou a pista contrária e logo em seguida o carro com a jovens bateu violentamente de frente com ele.

Duas jovens, morreram presas às ferragens, elas foram identificadas como Júlia Noara, de 21 anos, e Letícia Hordones, de 26 anos, ambas eram moradoras da cidade de Divinópolis (MG).

Júlia e Letícia eram influenciadoras digitais e tinham milhares de seguidores nas redes sociais. Outras duas jovens foram socorridas com vida e encaminhadas em estado grave para uma unidade de saúde de Divinópolis.

PUBLICIDADE

O motorista do caminhão, de 25 anos, teve ferimentos leves e também foi socorrido. As jovens saíram de Divinópolis, para uma festa de aniversário de um amigo que estava acontecendo na cidade de Pará de Minas (MG).

Veja a seguir as manifestações que foram feitas.

A festa de aniversário foi encerrada assim que o amigo soube do acidente. Segundo o Complexo de São João de Deus (CSSJD), de Divinópolis, uma das jovens que sobreviveu está em estado gravíssimo e a outra em estado grave.

Nas redes sociais, familiares e amigos lamentaram as mortes e pediram orações para as sobreviventes.

PUBLICIDADE

Amigos postam pedidos de orao Foto ReproduoInstagramFamlia anunciou a morte da influencer Foto ReproduoInstagramAmigos se despedem de Letcia pelas redes sociais Foto ReproduoInstagram

As causas do acidente estão sendo investigadas.

Sobre o Autor

Fabiana Batista Stos

Jornalista digital, com mais de 10 anos de experiência em criação de conteúdo informativo e imparcial. Somente a imprensa livre tem o poder de defender os interesses e a liberdade do cidadão.