Notícias

Quem era o empresário que morreu ao voar de parapente, mas conseguiu salvar a vida de adolescente antes de partir

O homem não resistiu após ter passado mal enquanto estava voando em um parapente, mas ele teve um papel crucial para salvar a vida da adolescente.

ANÚNCIOS

Um homem de 50 anos faleceu após passar mal durante um voo de parapente na região de Sete Lagoas, em Minas Gerais (MG), no último domingo, dia 11 de fevereiro.

O piloto estava acompanhado de uma menina de 13 anos durante o voo e teve um papel crucial para salvar a vida da adolescente. O homem informou à garota que estava passando mal logo após a decolagem, mas mesmo assim conseguiu direcionar o parapente para um local mais seguro.

Apesar do mal súbito, o piloto não teve ferimentos causados pela queda, que ocorreu cerca de 20 metros até o topo de um morro. Mas, infelizmente, ele não conseguiu resistir e teve o seu falecimento confirmado momentos depois.

A garota de 13 anos teve apenas arranhões no corpo. O homem, no entanto, sofreu uma parada cardiorrespiratória e faleceu. Bombeiros tentaram reanimá-lo, mas não obtiveram sucesso.

Segundo um familiar da vítima, o homem praticava o voo de parapente como hobby nos finais de semana. Ele convidou a adolescente para acompanhá-lo no salto, com a permissão da mãe da garota.

ANÚNCIOS

O caso está sendo investigado pelos bombeiros. E infelizmente, o falecimento do homem está sendo bastante lamentado. Por enquanto, não foi divulgado maiores detalhes sobre sua identidade.

Muitos lamentam o ocorrido relacionado ao falecimento do homem, mas reconhecem que ele agiu como um herói, pois se preocupou em conseguir salvar a vida da adolescente antes de não resistir mais.

Quem era ele

ANÚNCIOS

O piloto foi identificado pelo nome de Gilberto Araújo. Ele era muito querido e proprietário de um food truck da região. “Ela gritou por socorro do alto”, relatou uma testemunha, ao falar sobre a atitude da adolescente.

Sobre o Autor

Juliana Gomes

Colunista de notícias dedicada a escrever sobre os mais diversos assuntos. Sempre fui apaixonada pela arte da escrita e pela literatura.