Notícias

Neto tira a vida da própria avó de forma cruel no PR

A avó não conseguiu resistir após ter sido atacada pelo seu próprio neto no Paraná. Mais detalhes diante do ocorrido chamaram atenção.

ANÚNCIOS

O falecimento de Catarina Fiella, de 79 anos, na última sexta-feira, dia 15 de março, após ter sido esfaqueada pelo próprio neto em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), trouxe consternação e revolta à comunidade local

O trágico incidente ocorreu na terça-feira (12), quando o neto da vítima desferiu os golpes de faca contra ela, antes de empreender fuga da residência onde estavam.

Catarina foi prontamente socorrida e levada em estado grave para o Hospital do Trabalhador, em Curitiba, onde lutou pela vida durante três dias até seu falecimento.

A brutalidade do ataque chocou os moradores da região e levantou questionamentos sobre os motivos que levaram o neto a cometer tal ato contra sua própria avó.

ANÚNCIOS

O neto, após o crime, foi interceptado pela Polícia Rodoviária Federal em um posto de fiscalização na BR-476. Durante a abordagem, foi submetido ao teste do bafômetro, que indicou a ingestão de bebidas alcoólicas.

Ele foi detido pelas autoridades e permanece sob custódia, enquanto o caso está sendo investigado pela Polícia Civil. A situação deixou a muitos pessoas chocadas por tamanha crueldade.

A tragédia deixou familiares e amigos de Catarina abalados e em luto, enquanto a comunidade local clama por justiça e por respostas para entender o que motivou esse ato de violência.

O caso ressalta a importância do combate à violência doméstica e ao uso irresponsável de substâncias psicoativas, que podem resultar em consequências trágicas e irreparáveis.

ANÚNCIOS

Sobre o Autor

Juliana Gomes

Colunista de notícias dedicada a escrever sobre os mais diversos assuntos. Sempre fui apaixonada pela arte da escrita e pela literatura.