Curiosidades

Menina que foi abandonada pelo pai escreve carta e deixa uma grande lição; ‘O meu mundo continuou sem você’

“Precisamos aprender a deixar as pessoas livres para decidir entre ir e ficar, entender que seja qual for a escolha delas, a vida continua”.

Quando uma criança é abandonada pelo pai, ou pela mãe, fica um sentimento de vazio sobre o peito, tomado pela rejeição.

ANÚNCIOS

Quando crescem, é complicado lidar com os pensamentos e com as perguntas que não param de perturbar a mente. O indivíduo quer entender os motivos de ter sido deixado para trás, se é que existe um motivo para isto, para seguir em frente, deixando para lá uma vida que deveria ser o mais importante para os pais.

Uma menina que foi abandonada pelo pai assim que nasceu, quando chegou na juventude escreveu uma carta, na qual ela relata seus sentimentos em relação a este homem que decidiu seguir a vida sem ela.

O conteúdo da carta é de muita emoção, um texto que nos leva a refletir sobre a importância de algumas pessoas em nossa vida e de uma boa base familiar.

ANÚNCIOS

“Querido pai que eu nunca conheci,

Eu não sei o seu nome e eu não quero saber porque isso não tem nenhum propósito para mim. Você provavelmente está lendo isso pensando que eu vou te dizer como você foi um pai terrível e que você deveria se envergonhar de como você me abandonou. Não é este o caso. O que eu estou aqui para dizer é…

Eu te perdoo.

Eu te perdoo por você não ter estado lá porque isso me fez mais forte. Quando eu era mais nova e nós tínhamos a celebração de Dia dos Pais na escola, eu tinha o meu avô.

Quando me perguntaram ‘Onde está o seu pai?’, eu disse a eles que eu não tinha um, mas eu tinha a coisa mais próxima disso. Ele já havia sido pai antes, então ele sabia o que eu precisava aprender.

ANÚNCIOS

Ele me ensinou a nunca me intimidar com nada nem ninguém. Ele me mostrou que eu nunca deveria ser tratada como nada menos do que um ser humano.

Eu te perdoo por me afastar de você porque isso me fez encontrar novos braços para me aproximar. Minha avó me ensinou a ser respeitável e confiável. Ela me ensinou a sempre ser verdadeira com todo mundo que você entrar em contato, porque mentir para eles seria pior do que qualquer palavra que você lhes dissesse.

Ela não permitia que eu fosse desrespeitosa com os outros, e se eu fosse, ela também me ensinou que punição era algo real. E eu estou te dizendo, ela não tinha medo de fazer uso dela.

Eu te perdoo por não ter sido um pai porque a mamãe foi capaz de limpar a sua sujeira.

ANÚNCIOS

Ela tem tido este mesmo trabalho desde o primeiro segundo em que eu nasci. Ela criou duas crianças, segurou um emprego das 9h00 às 17h00 e sempre nos manteve.

Às vezes, pode ser que nem sempre tenha sido exatamente o que ela quis nos dar, mas nós somos eternamente gratos por tudo o que ela fez por nós. Quando nós saíamos de férias, ela trabalhava duro para nos levar para viajar, e ter certeza de que nós tivéssemos os melhores dias de nossas vidas.

Ela foi a todos os eventos dos quais eu participei, todos os shows, todos os concertos, e tem fotos de cada um deles. Ela sempre esteve presente em tudo e teve orgulho de mim por cada memória que eu criei.

Eu te perdoo por todas estas coisas porque eu sei que eu sou uma pessoa melhor por isso. Eu fui para o meu primeiro dia de aula no ensino fundamental sem você, eu me formei no ensino médio sem você, eu comecei e fui até a metade da faculdade sem você. Eu estou em paz com quem eu sou e com quem eu quero ser.

Agora eu sei quais pais eu tenho como modelo para quando eu for mãe.

Não te ter não definiu o meu sucesso, isso me empurrou e me motivou para que eu fosse ainda mais bem sucedida.

Não porque eu quis provar algo para você, mas porque eu quis provar para mim mesma. Quando eu olho ao redor, esta família que cresceu com o tempo e as pessoas que entraram e saíram da minha vida preencheram o vazio que você deixou.

Apenas lembre-se, você não me ferrou quando você foi embora, quando você deixou de estar com a mamãe e quando você fugiu dos seus problemas.

O meu mundo continuou sem você. Eu realmente espero que você tenha encontrado a felicidade, e eu te perdoo por ter sido o homem que me fez mas que não me quis.

Sinceramente,

A menina que você trouxe ao mundo, mas não quis”.

Se alguém decide nos deixar para trás, precisamos ter coragem de seguir em frente e entender que a vida continua. Que somos capazes de ser feliz, de conquistar nossos sonhos, que a vida não se prende a outro alguém.

Que possamos encontrar apoio e alegria em pessoas que nos amam, e amam estar ao nosso lado.

Embora não possamos explicar quando alguém se afasta, podemos entender que talvez tenha sido o melhor, para nós, para eles, para todos.

A vida é linda, merece ser vivida a cada dia como um presente único. Levar no coração a leveza dos sentimentos bons e esquecer as amarguras, as mágoas.

Esta carta desta jovem nos mostra o quanto ela foi feliz e aproveitou a oportunidade de aprender com as pessoas maravilhosas que sempre estiveram ao seu lado.

E uma grande lição, perdoar… Perdoar é necessário e é lindo.

 

Sobre o Autor