Notícias

Menina de 12 anos que foi baleada em festa de comemoração da vitória de Lula não resiste aos ferimentos

A adolescente foi atingida por disparo de arama de fogo.

ANÚNCIOS

Uma adolescente de 12 anos perdeu a vida em uma festa de comemoração da vitória do presidente eleito, Lula. O caso teria acontecido no último domingo (30), logo depois do resultado das eleições.

A menina estava internada no hospital João XXIII e morreu na última quinta-feira (03) após lutar pela vida, mas não resistir aos ferimentos. De acordo com informações, cinco pessoas foram baleadas por um homem que seria um eleitor que apoia o presidente Jair Bolsonaro.

Henrique Dias Soares, de 28 anos, era uma das pessoas que estava no local comemorando e acabou morrendo atingido por um dos disparos. As informações são de que a jovem teria sido atingida pelo tiro antes que o atirador chegasse na casa onde acontecia a comemoração.

A tia da menina disse que uma amiga também foi baleada e aguarda transferência, ela chamou o atirador de “monstro”. A missa do jovem Henrique acontecerá nessa sexta-feira (04).

ANÚNCIOS

Acredita-se que o crime tenha sido motivado por política, o apoiador de Jair Bolsonaro foi preso pela Polícia Militar e foram apreendidas com ele duas armas que estavam carregadas e também uma faca.

A menina de 12 anos morava em um bairro bem próximo ao local onde o crime aconteceu. Infelizmente a jovem foi vítima da intolerância de pessoas que não sabem se controlar diante de uma disputa importante como a que aconteceu este ano.

Sobre o Autor

Cláudia LM

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.