Curiosidades

Mãe pendura faixa para vizinhos que falam da criação de seus filhos e viraliza nas redes sociais

Patricia disse que a mania das pessoas em dar palpites na criação das crianças não é de hoje em sua vida

A carioca de São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, é mãe de uma jovem de 18 anos, e um menino com 2 anos de idade.

PUBLICIDADE

Patricia Monken de 38 anos, se dizendo cansada de ouvir boatos de comentários de seus vizinhos incomodados com o choro e  com o tamanho do cabelo do garoto, que ela prefere não cortar, foi até a gráfica e encomendou uma faixa.

“As pessoas se metem demais. Eu cansei de desenhar que meu filho é menino de cabelo grande porque quem manda na minha casa sou eu. As pessoas falam que é feio, que tem que cortar. Teve gente até falando que meu filho ia virar gay por isso, acredita? Tem horas que não dá. Respondo logo que isso não é da conta da pessoa. Meu filho não vai ser gay por isso e se for, que seja. O que ele precisa é ter boa índole. As pessoas ficam incomodadas com o cabelo grande do meu filho. Mas só que o cabelo do meu filho, desde que ele nasceu, já tem destino certo. Lá para o final do ano, já vai estar em ponto de doação. Vou cortar para doar para crianças que têm câncer”  desabafou.

PUBLICIDADE