Curiosidades

Jovem de apenas 23 anos se tornou pai e avô ao mesmo tempo. Entenda como isso é possível

“Não é culpa dela, já que se trata apenas de uma criança que precisa de ajuda. Claro que eu não vou deixá-la ficar na rua. Todo mundo me diz que é uma grande responsabilidade, mas eu não pensei em faculdade, trabalho ou qualquer coisa do tipo. Tudo que eu conseguia pensar era que ela precisava de mim”.

PUBLICIDADE

Connolly aproveitou as férias e pegou um emprego provisório para conseguir juntar dinheiro suficiente para se mudar para uma nova casa e ainda comprar coisas para o bebê.

O bebê nasceu no mês que o rapaz havia voltado para a Universidade. Enquanto a prima dava à luz ao bebê, ele fazia suas tarefas na sala de espera no hospital.

PUBLICIDADE

“Eu entrei na Uni no dia seguinte. Não tinha dormido, mas tive de fazer uma apresentação”, disse ele. Após o bebê completar seu primeiro mês de vida, o rapaz voltou para a Universidade, e trabalha três vezes por semana para ajudar nos gastos com o pequeno.

O rapaz deixa claro que não se importa com as responsabilidades que assumiu após querer ajudar a prima.

PUBLICIDADE

Meus companheiros mais próximos são do treinamento, então eles são atletas e não saem o tempo todo. Na maioria das vezes eles trabalham, treinam e estudam, então eu não tenho nenhum problema. Eu sei que o que eu tenho feito é uma coisa muito boa, mas eu me sinto culpado sobre o recebimento de toda essa atenção”, disse ele explicando que desde que publicou o caso no seu Facebook tem recebido mensagens de apoio de todos os lugares da Austrália.

“Recebemos mensagens que nos fizeram perceber que existem inúmeras pessoas nesta mesma situação e eu não quero que as pessoas pensem que meu caso é algo único. Eu mal posso acreditar em quantas pessoas passaram por isso e não tiveram ajuda ou apoio algum”.