Notícias

Hospital amputa pernas de homem e entrega membros à família em caixa de papelão

‘Constrangedor’, classificou sobrinha.

ANÚNCIOS

A família de Deonir Teixeira da Paixão denuncia um episódio difícil de descrever envolvendo o Hospital Regional de Paraíso do Tocantins. O homem sofreu um grave acidente de moto e teve as pernas amputadas; os membros, mais tarde, foram entregues à família em uma caixa de papelão.

Segundo a família de Deonir, a caixa estava acompanhada de um bilhete escrito a mão que dizia o seguinte: “Membro inferior direito sem o pé e membro inferior esquerdo com o pé. Obs: falta um pedaço da perna direita também“.

Uma sobrinha de Deonir, que preferiu não ter o nome divulgado, disse que a família se sentiu constrangida. A jovem explica ainda que funcionários do hospital teriam dito que se a família não enterrasse, os membros seriam descartados como lixo hospitalar.

As pernas de Deonir foram entregues à um filho do pedreiro, que ficou em choque. A família procurou uma funerária, mas descobriu que ninguém sabia o que fazer com as duas pernas. “Receber o resto de uma pessoa e enterrar no fundo de um quintal? Era 30% do corpo dele. As duas pernas inteiras”, descreveu a sobrinha.

ANÚNCIOS

Por meio de nota, após o caso causar estranhamento, a Secretaria de Saúde explicou que o procedimento não foi adequado e que o erro se deu por falha de comunicação. A Secretaria explicou que membros do corpo não são descartados como lixo comum; podem ser reclamados pela família, mas a família também pode deixar para que o descarte seja feito pela unidade de saúde.

Sobre o Autor

Roberta R

Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.