Notícias

Gabriel, de 13 anos, perdeu a vida fazendo o que milhares de crianças fazem diariamente

O caso aconteceu no interior de São Paulo.

Ele era um garoto saudável que gostava de jogar bola com os amigos e vinha tentando superar a morte de seu pai que foi vítima de um acidente automobilístico no último mês de setembro 2022.

PUBLICIDADE

Morador da cidade de Lins, localizada no interior do estado de São Paulo, Gabriel Henrique Santos Correa, de 13 anos, saiu no ultimo domingo dia 30 de outubro para jogar bola com os amigos como fazia em todos os fins de semana e não voltou mais para a sua casa.

Patrícia Correa, tia paterna de Gabriel, disse que todo domingo o sobrinho ia jogar bola com os amigos, mas desta vez algo de terrível aconteceu.

O adolescente jogava bola quando saiu para tomar água e foi eletrocutado ao pisar em fios que estavam no chão.

PUBLICIDADE

“Ficamos desesperados quando soubemos. Ele estava com os amigos, como fazia sempre no final de semana. Parece que ele foi atravessar para beber água e, como tinha muitas folhas, não viu os fios no chão”, disse Patrícia.

Gabriel Henrique chegou a ser socorrido com vida e encaminhado às presas para a Santa Casa de Lins, onde deu entrada em estado grave e foi levado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O jovem ficou quatro dias internado na UTI, mas devido a gravidade das lesões ele não resistiu e no último dia 3 de outubro a família foi informada que Gabriel Henrique teve morte encefálica.

Gabriel foi velado nesta última quinta-feira (3), no Velório Municipal, e sepultado na sexta-feira (4), no Cemitério São João Batista em Lins.

PUBLICIDADE

Sobre o Autor

Fabiana Batista Stos

Jornalista digital, com mais de 10 anos de experiência em criação de conteúdo informativo e imparcial. Somente a imprensa livre tem o poder de defender os interesses e a liberdade do cidadão.