Curiosidades

Dar à luz a meninos traz mais mudanças no corpo da mãe do que se fosse menina. Entenda

A gestação sem dúvidas traz grandes transformações, tanto físicas quanto psicológicas, e este estudo revela que há mudanças ainda maiores decorrente ao gênero do bebê.

Gestar uma vida é sem dúvida um momento transformador para a vida de um casal, e em especial para a mulher, sendo para ela a maior dádiva de Deus para sua vida. Gerar uma vida dentro dela é compartilhar do maior e mais puro amor do mundo.

PUBLICIDADE

A transformação maior ocorre no corpo da mulher, ela que antes era uma só pessoa, passa a carregar dentro de si uma nova vida, um outro corpo. As transformações ocorrem durante todo o período gestacional e demoram ainda alguns meses após o parto para que a mulher consiga retornar ao corpo que tinha antes de gestar.

A amamentação ajuda muito nesse processo, porém, nem todas as mulheres conseguem dar de mamar ao seu bebê, necessitando em alguns casos, usar fórmulas passadas pelo pediatra do bebê. As mudanças no corpo da mulher são muito evidentes, e por vezes, causam estranhezas por transformar tanto uma pessoa, tanto física quanto psicológica.

PUBLICIDADE

Dentre as gestações, a de menino altera significativamente o organismo da mãe, sendo comprovado por estudos. A Universidade de Granada, da Espanha, comprovou que os bebês meninos causam alguns problemas no corpo da mulher, como: aumento de estresses mais altos do que uma gestação de meninas.

A gestação de bebês meninos causam uma maior criação de radicais livres, responsáveis por machucar células maternas e por consequência, trazer problemas a saúde como depressão ou o Alzheimer. Vale ressaltar que isto é uma possibilidade, e não um fato de que vai acontecer com todas, segundo os estudos.

PUBLICIDADE