Famosos

Dado Dolabella se arrepende e impede que entrevista vá ao ar

O ator concedeu uma entrevista ao programa ‘Fofocalizando’ e comentou um pouco sobre as polêmicas que já se envolveu nos últimos tempos, mas depois desistiu de revelar o que disse na entrevista.

ANÚNCIOS

O ator Dado Dolabella concedeu uma entrevista ao programa ‘Fofocalizando’ e comentou um pouco sobre as polêmicas que já se envolveu nos últimos tempos, mas o ator após a gravação, desistiu de revelar o que disse na entrevista que fez ao programa e acionou a justiça para impedir que o “SBT” use sua imagem lá.

A entrevista ocorreu na última sexta-feira (25), e no dia seguinte a advogada do ator mandou uma notificação extrajudicial para o “SBT”, a notificação pedia para que a entrevista não fosse ao ar, pois contém “questões íntimas”, quando “deveria abordar o trabalho realizado” por Dado, “sem adentrar aspectos pessoais”.\n\nO jornalista confirmou que o ator fez apenas uma exigência, que o apresentador Leo Dias não fosse o entrevistador, já que o ator diz que Leo o perseguia. Por conta do pedido judicial feito pela advogada do ator, a entrevista não foi ao ar no ‘SBT’ nessa segunda-feira (28).

Após revolta, o jornalista Leo Dias postou uma sequência de desabafos sobre o caso em sua rede social.

“O que o Dado fez com o Fofocalizando e com o SBT é uma vergonha. Liguei pra Luana pra comentar. Ela parecia não acreditar nas baboseiras que ele falou na entrevista (que nem foi ao ar)”.

ANÚNCIOS

“Dado fez toda uma equipe de idiotas. Depois reclama pq nunca mais consegue lugar em nenhuma emissora de TV”.

“Se a Justiça brasileira soubesse o que ele fala dela na entrevista…. meu Deus! De que adianta ser vegano, pensar tanto nos animais, se não tem a menor consideração pelo ser humano”.

“Acreditem, ele até justifica o fato de ter batido na Luana!!!! Como se alguma razão justificasse agredir uma mulher! Que país é esse???”. Disse o jornalista.

ANÚNCIOS

O jornalista terminou dizendo que tem consciência de que tudo que foi dito pode trazer problemas no seu trabalho, podendo até ser despedido, mas que jamais aceitaria ser censurado, e que acredita na constituição e na sua liberdade de expressão.

“Tenho plena consciência de que tudo o que eu to escrevendo aqui pode ter consequência para mim no SBT. Mas eu não aceito jamais a censura nesse país. A nossa Constituição garante a liberdade de expressão.”

Sobre o Autor