Conheça a verdadeira história sobre o retrato da menina órfã deitada sobre a mãe de giz

Muitas pessoas se sensibilizaram com a história da menina deitada no ventre da mãe de giz.

Seus sapatos estão do lado de fora como sinal de respeito pela mãe morta, a criança teria deitado no ventre da mãe como se desejasse com todo o seu coração que ela retornasse para protegê-la. A foto se tornou viral e ficou famosa por causa da descrição que dizia que a menina estava deitada no pátio de um orfanato enquanto expressava nesse desenho a saudade imensa da mãe que teria morrido na guerra. Mas a história não é bem assim.

A verdade traz boas notícias

A fotógrafa Bahareh Bisheh foi quem tirou a foto, foram várias fotografias com a menina deitada dentro do desenho, a criança é prima da fotógrafa, ela brincava quando adormeceu no cimento e a prima decidiu fazer a foto, ela mesma foi quem desenhou a mãe de giz em volta da criança, foto que rodou o mundo por causa da história inventada, gerando uma onda de solidariedade por todo mundo.

Muitas pessoas se sensibilizaram com a história da menina deitada no ventre da mãe de giz e o poder da imagem foi imenso: talvez nunca uma mensagem falsa tenha dito tanta verdade. A foto teve milhares de compartilhamentos. Mas a criança não é órfã. A prima fotógrafa explicou tudo:

“Esta menina é minha prima e adormeceu no chão em frente de minha casa. Deve ter estado a brincar durante algum tempo, deitou-se no chão e adormeceu. Não há nenhum orfanato envolvido, nem nenhuma história trágica. Aproveitei esta oportunidade para ser criativa”. Entretanto, não deixa de ser uma fotografia representativa da dor de muitas crianças.

A foto expressa a realidade de milhares de crianças ao redor do mundo, muitas crianças hoje são órfãs por causa dos horrores da guerra, essa menina não viveu essa situação, mas muitas outras dariam tudo para ter de volta a proteção da mãe. A história traz uma grande reflexão e alguém finalmente conseguiu expressar em um desenho o que significa a saudade.

A série de Bahareh Bisheh inclui mais imagens da prima em situações semelhantes:

O asfalto, o giz e os desenhos.

Um elefante, um casal e até mesmo um peixe estiveram presentes no cenário criado pela fotógrafa.