Notícias

Colírio contaminado causa óbito de 4 pessoas e deixa mais de 10 cegas

Produto foi alvo de recall em fevereiro.

ANÚNCIOS

Autoridades dos Estados Unidos estão apreensivas com o número de contaminações pela bactéria Pseudomonas aeruginosa, que tem crescido no país. Segundo informações, cerca de 81 casos estão associados a um colírio infectado que foi comercializado.

De acordo com os números, quatro pessoas morreram, 14 vítimas ficaram cegas e outras quatro pessoas tiveram que passar por cirurgia para a remoção dos globos oculares. O caso é alarmante no país.

A bactéria Pseudomonas aeruginosa e conhecida por ser ultrarresistente, isto é, responde pouco aos antibióticos conhecidos. Por esse motivo, o combate à infecção é desafiador e pode resultar em morte.

Até o momento, as autoridades confirmaram casos nos estados de Wisconsin, Washington, Utah, Texas, Dakota do Sul, Pensilvânia, Ohio, Nova Iorque, Nevada, Novo México, Nova Jersey, Carolina do Norte, Illinois, Florida, Delaware, Connecticut, Colorado e Califórnia.

ANÚNCIOS

As autoridades do país confirmaram que a maioria dos pacientes que desenvolveram infecções faziam uso de colírios das marcas EzriCare e Delsam Pharma, fabricados pela Global Pharma Healthcare, na Índia.

Desde fevereiro, os produtos foram retirados das prateleiras do país. No entanto, o uso dos medicamentos já havia sido feito por muitos cidadãos. As autoridades estiveram nas fábricas dos medicamentos, onde constataram falhas.

O caso esta sendo acompanhado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) e pela Food and Drug Administration (FDA), equivalente à Anvisa. Até o momento, não há previsão para que os medicamentos retornem às prateleiras das farmácias.

Sobre o Autor

Roberta R

Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.