Notícias

Advogada levou 27 tesouradas após cabelereiro entrar em surto; vizinhos ouviram e acudiram

Ela chegou a se pronunciar sobre o assunto após a repercussão que foi gerada.

Júlia Castro, de 26 anos, é advogada e recentemente passou por momentos de terror em sua vida, ao ir até o cabelereiro e levar mais de 20 tesouradas do profissional que estava responsável pelo o seu cabelo. O caso aconteceu na região de Aparecida, no interior de São Paulo. E recentemente, ela chegou a negar que teria ocorrido uma discussão entre os dois.

PUBLICIDADE

Júlia revelou que estava trabalhando, com o seu notebook no colo, enquanto o homem mexia em seus cabelos. E repentinamente, ele teria gritado que precisava enfiar na espada na serpente, e diante disso, teria começado a dar golpes de tesoura contra ela.

De acordo com a vítima, algumas pessoas estavam dizendo que o ataque teria ocorrido por conta de uma discussão política. Porém, não foi isso que aconteceu.

“Sou cliente dele há um ano e nunca discutimos. Ele sempre me tratou muito bem”, disse ela, sobre o assunto.

PUBLICIDADE

A advogada ainda disse que teria jogado o notebook no chão e tentando acalmar o profissional, mas não conseguiu. Em certo momento, eles entraram em luta corporal, e mesmo com Júlia o mordendo e o arranhando, o homem não parou de dar tesourada nelas.

Confira a seguir o depoimento que foi postado por ela em seu Instagram.