Notícias

Video: policial que cometeu atentado disse às vítimas: ‘te vejo no inferno’

Video deve fazer parte do inquérito.

ANÚNCIOS

A Polícia ainda investiga o atentado cometido por Antônio Alves Dourado, que é policial civil e matou quatro colegas dentro da Delegacia Regional de Camocim, no Ceará. No entanto, segundo o próprio atirador, a motivação foi a maneira como era tratado no ambiente de trabalho.

O crime aconteceu na madrugada do último domingo (14/05). Antônio entrou armado no local e atirou contra quatro colegas, que não resistiram. Um vídeo divulgado nesta segunda mostra um desabafo do atirador.

Perdão a todos. (…) Fui humilhado, achincalhado, transformado em um lixo, perseguido, inventaram, criaram (…) Maldito Adriano, te vejo no inferno. Maldito Charles, maldito Neto. Vocês são isso, eu acredito que o diabo foi conivente com a vida de vocês”, diz Antônio.

O atirador se entregou e foi preso em flagrante. Ele segue preso e a disposição da Justiça. Segundo as informações, Antônio alega ter sido vítima de assédio moral e perseguição dentro do ambiente de trabalho.

ANÚNCIOS

A Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência. Segundo as informações, Antônio chegou de moto na delegacia, pulou o muro dos fundos e invadiu o local, indo direto as escadas.

Ainda segundo as investigações, Antônio agiu de forma premeditada e não tinha intenção de atirar. Segundo o que se apurou até o momento, o atirador pretendia asfixiar suas vítimas com um vazamento de gás.

No entanto, após ter sido surpreendido por um plantonista, ele teria abandonado o plano inicial e disparado contra as vítimas. A polícia continua investigando o crime.

ANÚNCIOS

Sobre o Autor

Roberta R

Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.