Notícias

Vídeo mostra que menina de 10 anos dá à luz a um bebê e o irmão mais velho seria o pai da criança

Caso ganhou repercussão no mundo inteiro

Os casos de violências íntimas contra as mulheres é uma realidade no mundo todo. Infelizmente, todos os dias mulheres, crianças e adolescentes são vítimas de crimes desse tipo. Foi exatamente isso que aconteceu com uma menina de apenas 10 anos de idade.

PUBLICIDADE

Entenda o caso

O crime aconteceu na cidade de Florencia (Caquetá), no país colombiano. A garotinha deu entrada no Hospital María Imaculada e deixou os médicos assustados.

PUBLICIDADE

Ela deu à luz nesse centro hospitalar. Desde que o caso foi noticiado muitas pessoas estão se manifestando a respeito do assunto. Acredita-se que o pai do bebê seja o irmão mais velho da criança de 10 anos.

Em relação a esse caso, Camilo Díaz, diretor científico do hospital deu uma declaração e contou que a garotinha foi encaminhada ao hospital em estado avançadíssimo de gravidez. Ele disse:

PUBLICIDADE

De acordo com informações do Comissariado da Família Putumayo, eles relatam que a gravidez foi devido a abuso sexual por uma pessoa da família, aparentemente um irmão da criança“, segundo informações do canal te TV Lente Regional.

A mãe chegou em condições gerais regulares “, segundo Díaz. “Uma cesariana foi realizada, após a qual o bebê, do sexo masculino, estava sob observação médica. Todos os processos de atenção foram realizados, pois, por razões óbvias, era uma gravidez de alto risco.

As autoridades estão investigando o caso e tratando como violência contra a menor de idade. O Ministério Público declarou juntamente com a Delegacia de Família que o caso está sendo apurado. Até o momento os pais da garota não haviam feito nenhuma queixa contra o filho. Ou seja, eles não informaram a polícia que a menina foi vítima de abuso e permitiram que ela desse continuidade na gravidez. Em nenhum momento as autoridades foram comunicadas pela família da criança.

Populares questionam motivo dos pais não terem denunciado

PUBLICIDADE

A população está revoltada com a situação e está questionando por qual motivo os pais da garotinha não fizeram qualquer tipo de denúncia. Há quem diga que houve consenso dos pais para que tal fato acontecesse. Porém, até o momento é tudo mera especulação e é preciso aguardar as investigações policiais para saber qual é realmente a verdade.

Assista: