Notícias

Vídeo: Após receber R$250 mil de um suposto suborno do prefeito, vereador joga todo dinheiro pela janela da câmara

O caso está sob acusação.

ANÚNCIOS

Um vídeo que ganhou as redes sociais e viralizou, nas imagens é possível ver um político na janela de um estabelecimento jogando milhares de reais para a população que se amontoou para conseguir resgatar as notas.

O vereador Cleverson Pedro Sousa de Jesus, o Sababa Filho (PCdoB), do município de Cândido Mendes (MA), decidiu jogar R$ 250 mil em espécie de uma janela da Câmara Municipal para, segundo ele, denunciar a tentativa de suborno feita pelo prefeito José Bonifácio Rocha de Jesus, mais conhecido como Facinho (PL).

Vídeos e fotos compartilhados nas redes sociais exibem a cena em que moradores se acotovelando para apanhar as cédulas de R$ 50 e R$ 100 que estavam caindo do segundo andar de um edifício público, situado no centro da cidade, sob o calor escaldante do sol.

Sababa declarou, durante seu discurso na tribuna da Câmara Municipal, que o prefeito Facinho ofereceu dinheiro com o objetivo de persuadi-lo a renunciar oficialmente ao seu mandato, por meio de uma carta de renúncia.

ANÚNCIOS

A intenção seria abrir espaço para um suplente, aliado do prefeito, assumir o cargo na casa legislativa. Durante a sessão ordinária, o vereador exibiu uma carta de renúncia que supostamente teria sido assinada no momento do acordo, mas logo em seguida a rasgou.

Antes de jogar o dinheiro na rua, o vereador mostrou as cédulas para todos os presentes no plenário da Câmara Municipal. O caso tem ganhado repercussão.

O valor estava armazenado em uma mochila preta, que Sababa abriu durante seu discurso. Ele organizou o dinheiro sobre a tribuna e enfatizou que não havia “nada a temer”.

ANÚNCIOS

Após apresentar suas acusações contra o prefeito, o vereador caminhou em direção à janela do edifício da Câmara Municipal e proferiu: “Esse dinheiro é do povo”. E jogou a toda a quantia na rua.

Em seguida ele seguiu para a delegacia para registrar um boletim de ocorrência. O prefeito Facinho, em nota negou veementemente que tentou subornar o vereador.

Sobre o Autor

Fabiana Batista Stos

Jornalista digital, com mais de 10 anos de experiência em criação de conteúdo dos mais diversos assuntos. Amo escrever e me dedico ao meu trabalho com muito carinho e determinação.