Famosos

Urgente: Chega triste notícia que o Brasil não queria receber sobre o apresentador Faustão

Apresentador enfrenta complicações renais e continua internado para tratamento após cirurgias de rim e coração.

ANÚNCIOS

O renomado apresentador Fausto Silva enfrentou mais um desafio em sua jornada de saúde, passando por um processo de embolização para lidar com questões linfáticas que estavam retardando sua recuperação após o transplante de rim.

De acordo com um boletim médico exclusivo divulgado para a coluna nesta quinta-feira (14), Faustão permanece internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, continuando sua batalha pela saúde após o transplante de rim realizado em 26 de fevereiro. Embora o implante renal tenha sido bem-sucedido, o funcionamento pleno do órgão ainda está aguardando, conforme afirmou o boletim atualizado. Este é o segundo transplante significativo que Fausto Silva enfrenta, já que seis meses antes ele passou por um transplante de coração.

O procedimento de embolização é uma terapia minimamente invasiva que visa resolver complicações no sistema linfático, realizando uma oclusão do vaso lesado por meio de um pequeno cateter inserido no corpo.

João Silva, filho do apresentador, compartilhou anteriormente que a recuperação do pai estava dentro do esperado após o último transplante. Ele também usou as redes sociais para homenagear os 40 anos de trajetória televisiva de Faustão, destacando-o como uma inspiração.

ANÚNCIOS

A internação de Fausto Silva ocorreu após complicações de uma doença renal crônica no domingo (25). Ele foi admitido no hospital depois que o Einstein foi alertado pela Central de Transplantes do Estado de São Paulo e realizou avaliações para verificar a compatibilidade do órgão doado. O comunicador enfrentava problemas renais há algum tempo, sendo que a necessidade do transplante era conhecida desde sua cirurgia cardíaca anterior.

O transplante de coração aconteceu aproximadamente seis meses antes, quando Fausto Silva foi incluído na lista de espera devido a uma insuficiência cardíaca. A cirurgia, realizada sem intercorrências, marcou um novo capítulo na luta do apresentador pela saúde, após a recusa do órgão pelo paciente inicialmente listado como receptor.

Sobre o Autor

Paula Vasconcelos

Colunista de notícias dedicada a escrever sobre os todos os assuntos. Sou apaixonada pelo mundo da literatura.