Notícias

Taxista é suspeito de tirar a vida da ex-companheira e balear sua sogra; ele está foragido

O taxista tirou a vida da sua ex-companheira e atirou em sua sogra.

ANÚNCIOS

Saulo Cunha Carneiro é um taxista suspeito de ter tirado a vida de sua ex-companheira e ter atirado na mãe dela. Por enquanto, ele continua foragido das autoridades. Nesta segunda-feira, dia 15 de maio, o homem foi denunciado pelo Ministério Público estadual.

A denúncia aconteceu no mesmo dia em que a filha do suspeito fez um protesto para cobrar a prisão do pai, que se encontra foragido da Justiça. A vítima, identificada pelo nome de Juliana Rocha de Oliveira, foi morta a tiros dentro de sua própria casa.

Além disso, durante o ataque, a mãe da vítima, Maria Luiza Rocha de Oliveira, também foi baleada pelo suspeito. Após ter recebido atendimento médico, a mãe de Juliana conseguiu se recuperar.

O crime aconteceu apenas duas semanas depois de ter ocorrido a separação do casal que ficou junto pelo período de vinte e quatro anos. O suspeito chegou a ser preso em flagrante, mas foi liberado no dia 10 de maio, após a Justiça não ter aceitado um pedido de prisão preventiva.

ANÚNCIOS

A filha da jovem realizou um protesto para pedir que a prisão do próprio pai ocorra o mais breve possível. Ela reuniu amigos e familiares para se juntarem na manifestação. Veja uma reportagem neste link. Veja uma reportagem neste link.

Neste vídeo abaixo, é possível conferir mais detalhes do protesto que reuniu milhares de pessoas, já que muitas se solidarizam com o caso e pediram por Justiça. O taxista continua foragido e o seu paradeiro é um mistério.

Sobre o Autor

Juliana Gomes

Colunista de notícias dedicada a escrever sobre os mais diversos assuntos. Sempre fui apaixonada pela arte da escrita e pela literatura.