Saúde

Rim policístico: o que é, sintomas e tratamento da doença genética que agravou o estado de saúde do cantor Chrystian; ele não resistiu

O cantor teve o seu falecimento confirmado de forma recente e mais detalhes diante do que teria acontecido foram expostos.

ANÚNCIOS

O famoso cantor Chrystian, da dupla sertaneja com Ralf, teve o seu falecimento confirmado nesta última quarta-feira, dia 19 de junho, aos 67 anos de idade. E apesar da causa da morte não ter sido especificada, o cantor tinha o diagnóstico de rim policístico, uma condição genética que afeta as funções do órgão.

Na noite em que ocorreu o seu falecimento, o artista passou mal em sua casa e precisou ser transportado de helicóptero para uma unidade de saúde, tamanha a gravidade do caso. Contudo, infelizmente, ele não resistiu.

O cantor já se encontrava na fila de transplante para um novo rim e o órgão seria doado por sua esposa, Key Vieira. Contudo, a cirurgia precisou ser adiada por conta dele ter sofrido diversos problemas de saúde.

O que é a doença?

ANÚNCIOS

É uma condição genética que se caracteriza pela formação de cistos nos rins. Esses cintos, que costumam ser preenchidos com líquido, podem crescer de forma significativa, assim desfigurando o órgão. A doença pode causar sérios problemas renais, incluindo, insuficiência.

No começo, a doença costuma não apresentar sintomas e pode permanecer silenciosa por décadas. À medida que progride, pode causar sintomas como náuseas, dor de cabeça, dor no corpo, pressão alta, sangue na urina e formação de pedras nos rins e bexiga.

O diagnóstico costuma ser realizado através de exames como ultrassom renal, urina, tomografia ou ressonância magnética. O tratamento atual costuma ser o controle dos sintomas, e em casos mais graves, pode ser necessário uma hemodiálise para filtrar o sangue.

Sobre o Autor

Juliana Gomes

Colunista de notícias dedicada a escrever sobre os mais diversos assuntos. Sempre fui apaixonada pela arte da escrita e pela literatura.