Curiosidades

Quem são as únicas gêmeas do mundo com a síndrome da velhice precoce que comemoram 3 anos de vida

Elas são brasileiras e continuam vencendo todos os desafios.

ANÚNCIOS

As gêmeas Elis e Eloá Lima Carneiro, que moram na cidade de Boa Vista, capital do estado de Roraima, completaram três anos com uma celebração intimista ao lado da família no último dia 4 de maio.

Para a mãe, Elismar Lima Carneiro, de 40 anos, e o irmão mais velho, Pedro Guilherme Iago, de 21 anos, o terceiro aniversário das meninas é ainda mais especial devido ao diagnóstico de progéria, também conhecida como Síndrome de Hutchinson-Gilford. Essa condição é extremamente rara e causa envelhecimento precoce.

“Antes, quando descobrimos a síndrome, não tínhamos muita informação. Então, ficamos muito preocupados em relação à vida. Pensávamos muito sobre quanto tempo de vida elas teriam”, ressaltou Pedro Guilherme.

Atualmente, a expectativa de vida para pessoas diagnosticadas com progéria é de aproximadamente 14 anos. No entanto, as meninas estão mostrando progresso e os tratamentos pelos quais são submetidas têm surtido efeito positivo. Por isso, tanto o irmão quanto a mãe optam por não se fixar apenas nesses números.

ANÚNCIOS

Além de comemorar mais um ano de vida, o aniversário das gêmeas tem um significado especial para a família. Desta vez, eles decidiram não fazer uma grande festa e optaram por uma celebração mais íntima, apenas com a presença dos familiares próximos.

Para o irmão e a mãe das meninas é importante celebrar as vidas das gêmeas e principalmente a evolução delas que estão superando barreiras e vencendo obstáculos. Pedro Guilherme criou perfis nas redes sociais para compartilhar o dia a dia das irmãs que já possuem quase um milhão de seguidores.

Sobre o Autor

Fabiana Batista Stos

Jornalista digital, com mais de 10 anos de experiência em criação de conteúdo dos mais diversos assuntos. Amo escrever e me dedico ao meu trabalho com muito carinho e determinação.