Notícias

Quem era Hegler Quirino, o ciclista de 32 anos que morreu em bloco de carnaval em BH

Acidente aconteceu durante a dispersão do bloco de carnaval.

ANÚNCIOS

Hegler Ayran Viana Quirino, um entusiasta de 32 anos por viagens e esportes, encontrou um trágico fim durante as celebrações carnavalescas em Belo Horizonte.

Sua paixão pela vida, evidenciada em corridas de trilha ao redor do mundo e sua ativa participação em grupos de atletas, foi abruptamente interrompida na madrugada desta sexta, após um acidente fatal enquanto participava do Bloco da Bicicletinha.

Nascido em Minas Gerais, mas com residência recente em Jericoacoara, Ceará, Hegler frequentemente retornava a Belo Horizonte para competir e celebrar.

Seu amor pela bicicleta e pelo carnaval o levou às ruas da cidade, onde, infelizmente, perdeu o controle de sua bicicleta, colidiu com a mureta de proteção do Arrudas e caiu nas margens do rio, a uma altura de 9 metros.

ANÚNCIOS

O Bloco da Bicicletinha, conhecido por sua celebração da cultura ciclística e ocupação urbana alegre, expressou profundo pesar pela perda de Hegler, destacando seu espírito de festa e amor pela vida sobre duas rodas.

O acidente ocorreu no momento de dispersão do bloco, marcando um fim sombrio para uma noite de comemoração. Amigos e conhecidos de Hegler prestaram homenagens nas redes sociais.

O ciclista foi lembrando como um “ser de luz” e um “coração gigante”, cuja visão única do mundo sempre espalhou amor por onde passava. As mensagens demostram como o rapaz era querido.

O velório, marcado para a manhã de sábado na Capela Metropax, em Belo Horizonte, oferecerá a amigos, familiares e admiradores a chance de se despedirem e celebrarem a memória de Hegler.

ANÚNCIOS

Sobre o Autor

Paulo Machado

Colunista de portal de notícias dedicado a TV e Famosos, Curiosidades, Saúde Natural e Bem-estar, Finanças e Política Brasileira