Notícias

Próximo ao Dia das Mães, Mirtes lembra da perda do menino Miguel: ‘momento mais cruel da minha vida’

Mirtes lembrou caso e cobrou por Justiça.

ANÚNCIOS

Conforme se aproxima a data em que se celebra o Dia das Mães, Mirtes Renata usou suas redes sociais para trazer a memória de seu filho, o pequeno Miguel. O caso aconteceu em 2020, mas Mirtes pede por Justiça até hoje.

Miguel estava sob cuidados da patroa de Mirtes, a então primeira-dama de Tamandaré, Sari Corte-Real. Enquanto Mirtes passeava com os cães de seus patrões, Sari permitiu que o menino Miguel vagasse pelo prédio a procura da mãe.

Na época, Sari chegou a ser presa em flagrante por homicídio culposo, mas pagou fiança de R$20 mil e respondeu inquérito em liberdade. Há quase um ano atrás, Sari foi condenada a 8 anos e 6 meses de prisão.

No entanto, como ainda pode recorrer da decisão, ela ainda não foi presa. Apesar de inicialmente ter sido investigada por homicídio culposo, Sari foi condenada por abandono de incapaz com resultado morte.

ANÚNCIOS

Em seu twitter, nesta sexta-feira (12/05), Mirtes lembrou do filho e cobrou Justiça. Após a perda do filho, a vida de Mirtes mudou completamente e ela se tornou uma ativista.

Acompanhando o desabafo pela perda do filho, Mirtes também compartilhou uma reportagem da TV Globo com informações sobre o caso e imagens duras. A reportagem traz o momento em que Mirtes encontra o filho, logo após a queda.

Miguel caiu de uma altura de 35 metros, após ser abandonado no elevador do prédio pela patroa da mãe. Procurando pela mãe, o menino entrou em uma área restrita e escalou uma das grades, resultando na queda.

ANÚNCIOS

Sobre o Autor

Roberta R

Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.