Notícias

Presidente Bolsonaro pede a manifestantes que liberem as rodovias: ‘cabeça no lugar’

Presidente pediu a manifestantes que não impeçam direito de ir e vir.

Após discurso de dois minutos, com fala pouco clara sobre as manifestações, o presidente Jair Bolsonaro acabou alvo de críticas. Para muitos analistas, o presidente poderia ter sido mais claro ao aceitar a derrota e pedir aos manifestantes que desobstruam as pistas.

PUBLICIDADE

A reação a declaração foi bastante sentida. Circularam nas redes sociais mensagens que afirmavam, por exemplo, que o presidente havia incentivado indiretamente as manifestações, dentre outras.

Finalmente, nesta noite de quarta-feira, Bolsonaro voltou a se manifestar. Pelo facebook, o presidente publicou um vídeo no qual pede a seus apoiadores que não ocupem estradas e rodovias. O presidente falou da economia, falou da democracia e do direito de ir e vir.

Bolsonaro voltou a defender a legitimidade de manifestações que respeitem a democracia e a Justiça. “Temos que ter a cabeça no lugar”, declarou. Dessa vez, de forma bastante clara, pediu que seus eleitores não fechem as pistas.

PUBLICIDADE

Veja a seguir o vídeo que foi divulgado no Facebook do Presidente Bolsonaro.

Assista o vídeo do Presidente Bolsonaro pedindo que não obstruam as vias:

 

PUBLICIDADE

O presidente ainda sinalizou que solicitou a PRF para, desde o domingo (30), desobstruir as rodovias. A declaração, de pouco mais de 2 minutos, ainda apontou que as manifestações são espontâneas.

Apesar da declaração, o presidente continua recluso. Bolsonaro tem feito poucas aparições publicamente desde que foi confirmado o resultado das urnas. O presidente, no entanto, já sinalizou que o governo vai trabalhar “dentro das quatro linhas” para realizar a transição.

A nova manifestação é uma resposta aos atos que obstruem rodovias, gerando prejuízo a economia.

Sobre o Autor

Roberta R

Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.