Notícias

Polícia revela identidade de casal com quem menino Nicolas estava; mãe do bebê pode ser vítima

Caso comoveu o país nos últimos dias.

ANÚNCIOS

As investigações sobre o desaparecimento do menino Nicolas Gaspar, 2, continuam. O menino felizmente já foi localizado e resgatado, mas a polícia ainda tenta entender toda a dinâmica dos fatos.

O menino havia sido visto pela última vez no dia 30 de abril, na companhia da mãe. Depois disso, a criança desapareceu e a família procurou a polícia. A mãe, a essa altura, estava internada na UTI.

Novas informações sobre o caso estão vindo à tona. Nicolas foi encontrado sob guarda de um casal, desconhecido da família, em Tatuapé, São Paulo. O casal foi identificado como Marcos Valverde, 52, e Roberta Porfírio, 41, e podem responder por tráfico de pessoas.

Em depoimento, o casal teria afirmado à polícia que a criança havia sido entregue de forma espontânea pela mãe. A versão é de que o casal pretendia adotar a criança, no entanto o caso é mais complexo.

ANÚNCIOS

Segundo a polícia, a mãe do menino estava em um grupo de whatsapp com o casal, que é acusado de aliciar a mulher desde o nascimento do menino, para que ela entregasse a criança.

Em depoimento, a mãe do menino afirmou à polícia que havia entregado a criança de forma espontânea. No entanto, a polícia apura que a mulher vive sob circunstâncias de vulnerabilidade extrema, sendo inclusive vítima de violência dentro de casa e tendo passado por internações.

Segundo as informações do caso, Marcos e Roberta não falaram em depoimento à polícia. O casal pode responder por tráfico de pessoas. Os dois seguem a disposição da Justiça.

Sobre o Autor

Roberta R

Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.