Notícias

PM de folga é investigado após matar entregador com tiro a queima-roupa; video flagrou o crime

Caso gerou revolta após divulgação das imagens.

ANÚNCIOS

A Polícia Civil de Goiás investiga a morte de um entregador, morto com um tiro na cabeça. O rapaz estava discutindo com um policial militar em horário de folga, quando foi atingido com um tiro na cabeça e a queima-roupa.

O crime foi filmado por testemunhas e esta sendo investigado. Até o momento, o nome da vítima ainda não foi confirmado. O autor do disparo, que é policial militar e estava de folga, também não teve o nome divulgado.

Segundo registro da ocorrência, o PM alegou que o entregador estava fazendo manobras perigosas quando foi advertido. Os dois teriam engajado em vias de fato, quando a arma teria disparado por acidente. A versão foi apresentada pelo PM.

No entanto, o vídeo mostra que o PM estava com a arma em punho no momento do disparo e, pelas imagens, tentava agredir a vítima. A divulgação das imagens gerou pressão sobre a corregedoria da PM.

ANÚNCIOS

Já a Polícia Civil alegou estar conduzindo investigação “minuciosa” e “isenta” para esclarecer os fatos. “Durante as investigações preliminares, foram levantadas evidências de autoria apontando para um Policial Militar como autor do crime”, diz ainda o documento.

Video (clique aqui)

O vídeo traz imagens fortes e gerou revolta especialmente nas redes sociais. O caso ainda lembrou um caso semelhante no Rio de Janeiro, onde um policial militar disparou contra um entregador após ter se revoltado porque o rapaz não quis subir até o seu apartamento.

Sobre o Autor

Roberta R

Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.