Notícias

Mulher liga para o 190 e confessa ter tirado a vida do próprio marido, mas não vai presa

A mulher não foi presa em flagrante, apesar da confissão.

ANÚNCIOS

A Polícia Civil de Santa Catarina conduz inquérito sobre a morte de um homem de 53 anos, morto pela própria parceira. O caso foi revelado à polícia pela própria mulher, que se entregou após o crime.

O caso aconteceu no bairro Areias de Cima, em Biguaçu, Florianópolis. A mulher se entregou à polícia e relatou ter matado o marido asfixiado, relatando ainda que teria descoberto que a vítima violentava sua filha.

A mulher, de 41 anos, contou que agiu para proteger a filha. A mulher cometeu o crime e deixou a cidade. Em Tubarão, acionou o 190 e relatou todos os fatos. Policiais foram ao seu encontro e a conduziram à delegacia.

Segundo as informações, a mulher matou o parceiro asfixiado. A polícia confirmou que a mulher tem uma filha menor de idade, filha também do homem, mas não divulgou exata da vítima. A mulher foi ouvida na delegacia e liberada.

ANÚNCIOS

Ainda segundo informações da polícia, o homem foi identificado e sua ficha criminal é extensa, incluindo crimes por resistência, perturbação, desobediência, desacato e violência doméstica.

A polícia não divulgou informações sobre as identidades da vítima e da mulher, também para preservar a privacidade e segurança da menor envolvida no caso. A polícia confirmou que vai investigar o caso.

A mulher não foi presa em flagrante após confessar o crime. Ela foi conduzida até a delegacia, onde prestou depoimento, mas responde ao inquérito em liberdade, segundo informações da polícia.

Sobre o Autor

Roberta R

Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.