Curiosidades

Médico que agrediu grávida em trabalho de parto sofrerá as consequências e será punido

Quando a mulher ameaçou chamar a TV, o médico disse que podia chamar quem fosse que eles iriam ver que a mulher não estava “ajudando” na hora do parto, irritado, ele levanta e bate na virilha da grávida com as duas mãos espalmadas, e a jovem grita de dor neste momento, além da dor que já estaria sentindo por causa do nascimento da criança.

PUBLICIDADE

Logo que as imagens foram divulgadas, os internautas comentaram indignados pedindo providências a respeito da agressão do médico no momento mais delicado na vida da mulher. Uma internauta chegou a comentar:

“Enquanto os fatos são apurados, para preservar futuras agressões e violência a gestantes, por parte desse médico, Armando Andrade, exigimos afastamento preventivo de suas funções. Ou vocês vão esperar ele matar alguém?”

PUBLICIDADE

Outros já foram mais radicais e disseram:

“Não tem que apurar! É cadeia nele e indenização para a gestante pelo constrangimento e humilhação no momento em que ela estava mais vulnerável e que precisava de cuidados”.

PUBLICIDADE