Notícias

Mãe faz um alerta após sua bebê sofrer queimadura química ao usar fralda descartável

Eles também ofereceram um voucher à mãe da criança para que esta pudesse comprar outros artigos da marca.

PUBLICIDADE

“Recuso-me a voltar a usar qualquer item desta marca. Não vou arriscar que aconteça o mesmo à minha bebê”, explica a mãe.

Casos como esses são comuns, pois nos primeiros meses de vida, a pele do bebê é muito sensível, especialmente se o pequeno nasce prematuro. Por isso, é muito importante que pelo menos nos primeiros meses, os pais optem por marcas de fraldas mais conhecidas que possam assegurar uma qualidade melhor, com isso o bebê fica mais protegido desses tipos de reações alérgicas.

Após alguns meses a pele do bebê fica menos sensível, pode então tentar a troca para uma marca mais barata. Mas ao fazer essa troca, fique sempre atenta a qualquer alteração na pele do seu bebê na região da fralda, pois nunca se sabe se o bebê é alérgico a algum componente da fralda.

PUBLICIDADE