Notícias

Mãe descobre que perdeu o bebê e vê a ‘Virgem Maria’ no exame de ultrassom, imagens viralizam

Confira a imagem que vem comovendo o mundo.

ANÚNCIOS

Este caso que viralizou nas redes sociais e ganhou as manchetes dos principais portais de notícias do mundo vem chamando muita atenção e causando arrepios.

Em maio de 2015, após cinco meses de casados, Cassie recebeu a notícia de que estava grávida. Ela, que exerce a profissão de enfermeira, compartilhou que os médicos levantaram a suspeita de um intestino ecogênico para o bebê, caracterizado pelo brilho anormal do órgão nas imagens.

Contudo, essa condição não foi confirmada. Foi somente durante o ultrassom de 20 semanas que a alegria do casal se transformou em tristeza profunda. “Fui fazer um ultrassom agendado e eles não conseguiram encontrar um batimento cardíaco“, disse a mãe desolada.

Cassie revelou que o técnico em ultrassom a deixou por alguns minutos na sala e foi buscar um médico. Após mais uma análise nas imagens, apresentaram a Cassie a escolha entre ser induzida diretamente no hospital ou retornar para casa e preparar as malas.

ANÚNCIOS

Ela optou por esta última alternativa. Foi no dia 9 de março de 2016 que Cassie deu à luz ao pequeno Gus. O recém-nascido pesava apenas 1,5 kg e media 11,5 centímetros de comprimento.

Em meio à sua dor como mãe enlutada, que vivenciou a trágica perda de seu bebê na 20ª semana de gestação, Cassie Lee relata uma experiência marcante.

Segundo ela, no último ultrassom realizado, é possível vislumbrar a imagem da Virgem Maria segurando seu filho. Durante o exame, foi-lhe comunicado que o coraçãozinho do bebê não pulsava mais.

Porém, ao revisitar as imagens posteriormente, ela percebeu a presença de uma figura angelical, cuja mão parecia estender-se para acolher e segurar seu filho. Confira a imagem:

ANÚNCIOS

Na esperança de proporcionar conforto a outros pais que passaram pela perda de um bebê ou aborto espontâneo, Cassie decidiu compartilhar a imagem nas redes sociais.

Seu objetivo é oferecer uma mensagem de apoio e solidariedade, mostrando que eles não estão sozinhos em sua dor e que a presença divina pode ser encontrada mesmo nas situações mais difíceis.

Sobre o Autor

Fabiana Batista Stos

Jornalista digital, com mais de 10 anos de experiência em criação de conteúdo dos mais diversos assuntos. Amo escrever e me dedico ao meu trabalho com muito carinho e determinação.