Curiosidades

Imagem de bebê que sorri no nascimento é sucesso; descubra por que ela sorriu

A foto dessa linda bebê faz sucesso na web como vencedora do Guinness de sorriso mais jovem.

Tem coisa mais linda nesse mundo que o sorriso inocente de uma criança? Certamente não! Ao sorrir o bebê encanta a todos, quem está por perto, seja a mãe, pai, avós ou tios, fica babando, isso porque esses sorrisos fazem o termômetro da fofurice explodir!

PUBLICIDADE

E por falar em coisa fofa, trazemos hoje uma matéria que que representa com fidelidade esse tema. A foto dessa bebê faz o maior sucesso na internet, e além disso, venceu os concorrentes do Guinness de sorriso mais jovem, mas na verdade, é só uma princesinha fotogênica respondendo aos estímulos do seu cérebro no momento exato!

PUBLICIDADE

Pediatras revelam como funciona essa função do sorriso dos bebês, nas primeiras semanas de vida, essas preciosidades começam a experimentar e trabalhar os músculos do rosto, fazendo várias carinhas pra lá de fofas e engraçadas, fruto do sorriso involuntário e reflexivo, o que o torna ainda mais lindo e puro.

Há ainda o sorriso social, esse se ensina e aprende a partir de reações positivas dos pais, tais como: sorrir com frequência para o bebê, brincar, fazer carinho, dar colo, com isso, está ensinando que é uma forma positiva de comunicação.

PUBLICIDADE

Cada criança tem seu próprio tempo e se desenvolve de formas diferentes, porém, vale chamar a atenção dos pais para o fato de que se o bebê não sorri depois de 12 semanas, é provável que tenha algum atraso no desenvolvimento e o recomendado é relatar na consulta com o médico pediatra.

Existem também algumas dicas de ouro para a mamãe e o papai que ainda esperam pelo primeiro sorriso de seu filho, se você ainda não viu os lábios do seu bebê formarem um lindo sorrisão, há uma maneira para incentivá-lo, como falar com ele muitas vezes, olhando no seu rostinho, sorrir com frequência enquanto dá o banho, durante a troca da frauda, você pode fazer contato visual com frequência, faça caras e caretas, se faça de bobo, dance, imite sons, faça cócegas na barriguinha por exemplo, nos pés também, são uma ótima opção.

PUBLICIDADE

Só não é bom exagerar. “Os bebês estão desenvolvendo a capacidade de regular suas emoções e pode não ser bom se eles receberem muito estímulo”. Fica a dica da Associação Brasileira de Pediatria.