Notícias

Família executada no Rio: polícia investiga se empréstimo foi motivação do crime; bebê é uma das vítimas

Crime aconteceu no fim da noite deste último domingo, dia 17 de março.

ANÚNCIOS

No último domingo, uma tragédia abalou a cidade de São Gonçalo, deixando uma família dilacerada após um ataque a tiros que resultou na morte de um casal e na perda trágica de seu filho de colo.

Filipe Rodrigues, um motorista de aplicativo e gesseiro, sua esposa Rayssa Santos, técnica de enfermagem, e seu pequeno filho Miguel Felipe, foram alvos do crime enquanto estavam a caminho de casa em uma Viagem Privativa.

O casal estava planejando iniciar uma nova etapa em suas vidas, com planos de adquirir uma casa própria. Segundo informações de familiares, Filipe estava programado para recuperar um montante de R$ 5 mil, possivelmente relacionado a um empréstimo, para dar entrada no imóvel no próprio domingo.

A investigação policial está considerando esse um possível motivo para o ataque brutal. O ataque ocorreu na Estrada Bento Pestana, no bairro Baldeador, quando dois criminosos em uma moto se aproximaram do veículo da família e abriram fogo indiscriminadamente.

ANÚNCIOS

Rayssa, desesperadamente, tentou proteger seu filho Miguel, mas ele acabou sendo atingido por uma bala na cabeça e sofreu uma fratura na perna. Miguel foi levado às pressas para o Hospital Municipal Getúlio Vargas Filho (Getulinho), onde passou por uma cirurgia de emergência.

No entanto, a gravidade de seus ferimentos foi demasiada, e ele acabou falecendo na manhã seguinte, após duas paradas cardiorrespiratórias, deixando a família e a comunidade local em choque e consternação.

A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí está conduzindo uma investigação minuciosa para identificar os responsáveis ​​por esse ato hediondo e buscar justiça para Filipe, Rayssa e Miguel.

Sobre o Autor

Paulo Machado

Colunista de portal de notícias dedicado a TV e Famosos, Curiosidades, Saúde Natural e Bem-estar, Finanças e Política Brasileira