Notícias

Esposa de pecuarista negou convite para passeio de avião: ‘Deveria ter ido’; horas depois ela tirou a própria vida

A esposa negou o convite para o passeio de avião e chegou a publicar um relatado comovente em suas redes sociais antes de partir.

ANÚNCIOS

Ana Paula Pridonik, de 27 anos, engenheira civil, chegou a publicar em suas redes sociais momentos após ter recebido a notícia de que seu marido e o seu enteado teriam morrido após sofrerem uma queda de avião.

Ao realizar um Stories, ela disse que deveria ter aceitado o convite do esposo e ter ido com eles para o passeio. Ela sofreu com a perda de Garon Maia Filho e Francisco Veronezi Maia, de apenas 12 anos.

E caso tivesse aceitado o convite do marido, ela estaria no mesmo avião que sofreu uma queda e caiu em uma região de mata fechada na divisa entre Rondônia e Mato Grosso.

“Eu deveria ter ido junto quando você me chamou meu amor, não vou conseguir ficar aqui sem você, meu companheiro […]”, disse ela.

ANÚNCIOS

A declaração foi feita em uma das últimas publicações que foi realizada, ao falar sobre todo o assunto. Ela ainda se perguntou onde Deus estava quando toda a tragédia abalou sua vida.

Momentos depois, Ana Paula foi encontrada morta dentro de sua casa. Ela tirou sua própria vida utilizando uma arma de fogo, segundo as informações.

Sua família chegou a se pronunciar sobre o assunto e apontou que as críticas diante da tragédia teriam colaborado para a morte da engenheira civil.

Agora, tudo o que eles desejam é mais respeito neste momento trágico que todos estão enfrentando, com a perda de diversas pessoas queridas em tão pouco tempo.

ANÚNCIOS

Sobre o Autor

Juliana Gomes

Colunista de notícias dedicada a escrever sobre os mais diversos assuntos. Sempre fui apaixonada pela arte da escrita e pela literatura.