Curiosidades

Enfermeira posta em grupo do trabalho antes de tirar a própria vida: “Raiva dessa vida hoje nesse plantão”

A enfermagem está de luto por mais uma enfermeira que tirou a própria vida no MS.

A enfermagem está de luto por mais uma enfermeira que se suicidou no MS, o fato chamou a atenção para a situação crítica que a enfermagem vem vivendo hoje em dia. Todos os dias os profissionais da saúde são obrigados a enfrentar as péssimas condições de trabalho, salário baixo, que na maioria das vezes força o profissional a ter mais de um emprego, culminando em estresse, cansaço físico e emocional, falta de reconhecimento profissional e carga horária pesada, sem contar os próprios problemas pessoais que todo mundo tem.

PUBLICIDADE

A morte da enfermeira Janaína Silva, de 39 anos, natural da cidade de Jataí, em Goiás, caiu como uma bomba no meio dos profissionais de saúde de Campo Grande, amigos e familiares se uniram em uma dor extrema ao saberem da notícia da morte de Janaína, que teria sido encontrada morta em sua casa. Ao seu lado estava um frasco de medicamentos e uma seringa, as suspeitas são de que ela tenha tirado a própria vida.

Amigos e familiares ao prestarem suas homenagens à enfermeira nas redes sociais falaram sobre o grande mal do século que tem feito milhares de vítimas todos os dias: a depressão. O conselho de enfermagem emitiu uma nota lamentando a morte da profissional e explicou que a depressão tem crescido entre os profissionais de saúde e levado muitos ao suicídio.

PUBLICIDADE

As condições inadequadas de trabalho, somadas ao salário baixo e cargas horárias exaustivas contribuem muito para que a saúde do profissional seja diretamente afetada.

Muitas postagens nas redes sociais lamentavam a morte de Janaína, todas foram feitas por amigos, familiares e até profissionais de saúde que nem conheciam Janaína, mas que se sensibilizaram com sua morte.

Uma enfermeira pediu a compreensão das pessoas no trato com os profissionais dizendo: “nós também somos seres humanos”.

“Enfermagem do MS de luto. Mais uma enfermeira que se suicidou. Péssimas condições de trabalho, baixo salário forçando os profissionais a excessivas horas extras, falta de reconhecimento profissional e carga horária exaustiva, fora os problemas pessoais que todos temos. Por essas razões te peço: pense bem antes de agredir um enfermeiro, antes de ofender a equipe de enfermagem. Somos seres humanos também. Muitas vezes guardamos a própria dor no bolso para cuidar da sua”. O post teve milhares de compartilhamentos.

PUBLICIDADE

De acordo com informações, a enfermeira teria feito uma última postagem no grupo de trabalho, onde ela disse: “Raiva dessa vida hoje nesse plantão”.

 

Sobre o Autor