Notícias

Durante tiroteio no Morro do Fubá mulher se tornou o escudo humano de seus sobrinhos, o caso gerou enorme comoção

A polícia investiga o caso.

Daniela Silva Santos, de 30 anos, estava perto de casa, ela havia buscado os sobrinhos na escola e mal sabia que estava prestes a perder a vida.

PUBLICIDADE

De acordo com as investigações preliminares, o caso aconteceu na última sexta-feira (11), no Morro do Fubá, que fica localizado na Zona Norte do Rio de Janeiro.

Quando Daniela se aproximava da Ponte Amarela, que fica dentro da comunidade, ela ouviu os disparos e se jogou em cima da sobrinha, de 5 anos, e do sobrinho de 3 anos.

Daniela foi atingida e logo caiu, foi seu pequeno sobrinho que correu com a missão de avisar aos familiares sobre o que aconteceu.

PUBLICIDADE

“Quando minha irmã Daniela caiu, meu sobrinho caiu junto. Mas ele correu para casa, estava todo sujo de lama e falou para a mãe dele, minha outra irmã, o que ocorreu. Foi então que todos se aproximaram para ajudar a Dani”, afirmou Ana Paula Silva, irmã de Daniela.