Famosos

CBF vetou cabelo rosa de jogador e atitude gera polêmica

Lateral contou que recebeu ‘pedido’ da CBF.

ANÚNCIOS

A Seleção Masculina de Futebol esta no foco das atenções com a aproximação da estreia na Copa América. Com isso, o elenco também chama a atenção com os rostos novos, dos jogadores que não são tão conhecidos.

Um desses atletas é o lateral Yan Couto, que saiu do Brasil bem jovem, descoberto pelo Coritiba, e foi para o Manchester City em 2020. Desde então, o jogador foi emprestado para o Girona, da Espanha, e o Braga, de Portugal.

Na última temporada, Yan foi destaque em La Liga e um dos craques do Girona. Para o ano que vem, é esperado que o jogador finalmente comece a temporada no clube inglês, o que seria a primeira vez.

Pela Seleção Brasileira, Yan já havia sido convocado antes, como foi dessa vez. Como saiu cedo do Brasil, Yan não é tão lembrado pelo público. Na última temporada, no entanto, o jogador foi um dos grandes nomes.

ANÚNCIOS

Nesta quinta, Yan deu o que falar ao revelar uma orientação polêmica da CBF. Em entrevista ao canal de Youtube da jornalista Yara Fantoni, ele revelou que foi orientado a não pintar o cabelo de rosa.

O jogador ficou conhecido na Espanha por ostentar os fios rosa, cor escolhida para homenagear a irmã. Entre fãs do Girona, o corte chegou a viralizar, especialmente entre os mais jovens.

“Na seleção vou de cabelo preto, vou tirar o rosa. Pediram. Basicamente isso, pediram, falaram que o rosa é meio ‘vacilão’”, revelou Couto. Ele afirmou ainda que embora discorde, vai acatar o pedido.

Sobre o Autor

Roberta R

Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.