Notícias

Buscas por holandesa que morava no RJ e estava desaparecida há meses terminam de forma trágica

A mulher estava desaparecida há meses e as buscas terminaram de forma trágica.

ANÚNCIOS

De forma recente, as autoridades concluíram que as partes de um corpo que foram encontradas na região do Rio de Janeiro, na baixada fluminense, pertencem a uma mulher que estava desaparecida há cerca de um ano.

A vítima foi identificada pelo nome de Britt Blom, de 36 anos, e ela tinha origem holandesa. A mulher desapareceu após ter saído de sua casa, em São João de Meriti. E diante do achado, o seu material genético foi submetido para análise e as investigações continuam sob sigilo.

Britt, que nasceu na região de Amsterdã e estava no Brasil há cerca de quatorze anos, tinha saído para uma festa na localidade de Coelho Neto, na Zona Norte do Rio de Janeiro, mas não conseguiu chegar ao evento.

De acordo com um amigo, no dia da festa, a holandesa disse que iria se atrasar, pois teria que resolver algo relacionado ao seu trabalho. Contudo, ela garantiu que seria coisa rápida. Porém, ela não foi mais vista e as buscas se iniciaram.

ANÚNCIOS

Ainda segundo os amigos, antes de ir morar no Rio de Janeiro, Britt teria morado em São Paulo e tinha uma filha de 13 anos que mora com o pai na capital paulista.

Agora, amigos e familiares estão esperando por uma resposta definitiva do que teria acontecido com a holandesa que fez a sua vida em nosso país e ficou sumida por tanto tempo.

Neste momento, muitos estão lamentando a sua morte e aguardam por mais respostas por parte das autoridades que continuam a investigar o caso.

Sobre o Autor

Juliana Gomes

Colunista de notícias dedicada a escrever sobre os mais diversos assuntos. Sempre fui apaixonada pela arte da escrita e pela literatura.