Notícias

Brasileira de 17 anos está sumida há mais de 15 dias nos EUA após mandar mensagens aos pais e foto sorrindo para policial; caso é mistério

A brasileira de 17 anos continua sumida após ter mandado mensagem para os pais e selfie sorrindo para um policial. O caso é investigado pelas autoridades.

ANÚNCIOS

A polícia norte-americana está responsável por investigar o desaparecimento de uma jovem brasileira de 17 anos de idade. A jovem está sumida há mais de quinze dias após ter saído de sua casa.

O que teria acontecido?

No dia 20 de novembro, a brasileira Manuela Keller Cohen saiu de casa durante o período da tarde, e relatou ao seu pai, o motorista de aplicativo Bruno Barreto, de 40 anos, que iria retornar às 18h30. Na ocasião, ela não disse onde iria, nem se estaria acompanhada.

A jovem saiu apenas com a roupa do corpo e o caderno que utiliza para desenhar. E após a demora no retorno para casa, os seus pais foram até uma delegacia, para registrar um boletim de desaparecimento.

Os pais citaram que a filha sempre deu notícias sobre onde estava e que jamais tinha fugido de casa. Ela está no último ano do ensino médio, nos EUA.

ANÚNCIOS

No dia seguinte de seu desaparecimento, sua mãe, Sofia Keller, de 40 anos, recebeu uma mensagem da filha, dizendo que estava em Baltimore, uma cidade que fica 1h do local em que moram, com amigos.

Contudo, os pais alegam que a filha não tem nenhum amigo na cidade vizinha. E diante da mensagem, a família acionou as autoridades e um policial entrou em contato com o telefone que mandou a mensagem, e Manuela teria dito que não queria conversar, se limitando a mandar uma selfie sorrindo.

Desde então, a adolescente não entrou mais em contato com a família e não se tem notícias sobre o seu paradeiro. A família mora em Washington desde meados de 2017 após uma transferência no trabalho da mãe.

ANÚNCIOS

Sobre o Autor

Juliana Gomes

Colunista de notícias dedicada a escrever sobre os mais diversos assuntos. Sempre fui apaixonada pela arte da escrita e pela literatura.